quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Just Push Play


Opa sim! Voltando à ativa novamente. E que maneira melhor de voltar senão trazendo músicas? Pois é, esse é mais um Just Push Play!
A partir de hoje, vou contar um pouco da história e mostrar algumas da composições dos gênios dos videogames. Tais quais Shigeru Miyamoto, Koji Kondo, Yuzo Koshiro e o que falarei agora: Nobuo Uematsu.
Eu já falei um pouco dele, numa das primeiras postagens do Megaboga. Mas as músicas que eu coloquei lá, foram do falecido site mp3tube.net, então elas foram perdidas... Bom, coloquem seus fones, aumentem o volume e Just Push Play!

Nobuo Uematsu, nasceu em Kochi no Japão, em 21 de março de 1959. Aprendeu a tocar piano sozinho, aos 12 anos. Porém nunca foi um grande músico, no máximo tocou teclado em bandas de garagem e felizmente, notou que seu dom era compor sinfonias. Anos mais tarde, ele trabalhava em uma locadora de fitas VHS, quando um amigo seu da Squaresoft ligou e disse: "Aí Nob, vamo fazer um joguinho, Genesis, provavelmente não vai vender anda, quer fazer umas musiquinhas pra ele? Cê divulga teu trabalho e nós não precisamos contratar alguém que cobre muito, firmeza chapa?"

Nobuo já havia feito a trilha do game Blasty, de PC, mas whatever. A partir desse seu trabalho com a Square, que ele chegou ao seu mais consagrado trabalho, a série Final Fantasy. No primeiro game, nenhuma música teve destaque. Aliás, talvez você se lembre dessa:

O tema da vitória é o mesmo até hoje na série

Em 1994 é lançado Final Fantasy VI (vou seguir a ordem oriental de numeração) e o mestre, o gênio, Nubuo Uematsu mostra para que veio, nos presenteando com uma trilha sonora nunca antes vista num RPG. Claro, os Final Fantasy, anteriores tiveram boas músicas, mas nenhuma marcante como as que vou mostrar à seguir, essas são de fazer a gente se arrepiar lembrando da infância jogando Nes e Snes...

Final Fantasy VI - Terra Theme


Final Fantasy VI - Kefka



O próximo (e mais afamado) Final Fantasy, saiu somente em 1997. Mas nesse meio tempo, Uematsu trabalhou em outro RPG épico: Chrono Trigger. Porém, nesse título ele dividiu as composições com outros dois mestres, Yasunori Mitsuda e Noriko Matsueda. Essa "dream team" da época, juntamente com o ilustrador Akira Toriyama resultou numa obra prima do Role Play. Um game que não ficou datado e inclusive recebeu um ótimo remake para NDS. E na minha opinião é o melhor RPG EVER! Aí vai alguns dos temas dos personagens, há outras excelentes músicas desse jogo e vale à pena dar uma procurada no Youtube e similares:

Chrono Trigger - Frog Theme


Chrono Trigger - Crono Theme


Chrono Trigger - Courage And Pride


Chrono Trigger - Lavos Theme


Chrono Trigger - Ayla's Theme


Então chegamos ao fatídico ano de 1997, quando a nossa querida Squaresoft junto com a Enix lançam um joguinho bem pouco conhecido, quase nem tem fãs... Final Fantasy VII. Nem vou contar a história do jogo, vocês já sabem. Eis as músicas mais uma vez também, a primeira sendo minha favorita do Uematsu, contando a história (em latim) do Anjo de Uma Asa só, o anjo caído, Sephiroth:

Final Fantasy VII - One Winged Angel


Final Fantasy VII - Aerith Theme


Final Fantasy VII - Main Theme


Final Fantasy VII - Cloud Theme


No ano seguinte, 1998, o título seguinte da série saiu e mais uma vez com uma trilha sonora marcante, incluindo Liberi Fatali usada pela equipe de nato sincronizado dos EUA nas Olimpíadas de Atenas 2004 e a premiada como "Canção do Ano (Música Ocidental)", no 14° Annual Japan Gold Disc Awards, em 1999, Eyes on Me, vamos a elas:

Final Fantasy VIII - Liberi Fatali


Final Fantasy VIII - First Love


Final Fantasy VIII - Eyes On Me



Depois de FF VIII, o único título de significância musical de Uematsu, foi Final Fantasy X. Esse eu não joguei, mas já ouvi as músicas e escolhi algumas que me agradaram. Se algum fã do game tiver uma sugestão pode mandar que eu posto aqui também:

Final Fantasy X - 1000 Words


Final Fantasy X - Suteki Da Ne



CO-CO-CO-CO-CO-COMBO BREAKER!
Eu sei que o post ficou IMENSO e pesado, peço desculpas, pois acabei me empolgando e creio que dependendo da sua conexão, vai ficar meio carregado o blog. Então decidi parar por aqui, até porque o único game mais expressivo de Nobuo Uematsu, após o FF X foi Blue Dragon, do qual não entendo nada e nem saberia escolher as canções mais marcantes. Desculpem qualquer erro de digitação ou muitas repetições de palavras, perdi o post original (graças à uma queda de luz) e re-escrevi às pressas. Creio que ficou bom (mas não tão bom quanto o que havia escrito antes). Prometo que não vai se repetir. Era isso, espero que gostem das músicas, que sintam a nostalia que eu senti e aos que não conhecem que se sintam coagidos à saber mais sobre a obra desse japonês genial. RESET!

Update: A única gamer hardcore mulher que eu conheço, a Carol, me pediu pra colocar o Chocobo Theme, não sei se é de autoria do Nobuo, mas aí vai:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente, além de ser a nossa força para continuar, saberemos o que você acha do nosso trabalho.