quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Isso não faz de mim um assassino

Já faz alguns dias eu estava olhando o Jornal Hoje e vi uma reportagem sobre o game Bully. Já banido do Brasil pela justiça do meu queridos estado Rio Grande do Sul, o game levantou polêmica e foi culpado por ser causador e incentivador da pratica de bulling (pentelhar outros alunos) nas escolas brasileiras. Pois bem, todos sabemos que isso não é culpa dos games, há muitos alunos pentelhos e metidos à valentões que JAMAIS sequer jogaram um game.
Tudo bem, não digo que o jogo seja apelativo e violento. Já joguei e sim é. O problema é dizer que ele é culpado pelas coisas que acontecem no fraquíssimo sistema educacional brazuca (não pelos professores, mas sim pela merreca que eles ganham e o descaso dos governantes). O game pode influenciar crianças e até adolescentes? Sim pode, na mesma magnitude que um filme ou livro.

Lembram de um caso de um jovem que abriu fogo num cinema em São Paulo? Segundo a defesa do rapaz, o game Duke Nuken 3D influenciou ele à fazer aquilo. E acreditem ou não a justiça engoliu isso. Mas vamos aos fatos: o rapaz (não achei o nome dele em lugar algum), tinha relatos de agressividade. Ele ouvia "vozes" vindas de vários lugares, incluindo a caixa de força do seu condomínio, a qual chegou à espancar com as mãos pra calar as vozes. O cara é um maluco, que arrumou uma Uzi sabe se lá como e querem que eu engula que ele matou pessoas num cinema, graças à um jogo? Vale lembrar que foi divulgado que ele havia dado um tiro no próprio reflexo no espelho do banheiro, tal qual Duke. Num cinema? Pessoas em silêncio, dá-se um tiro e ninguém ouve? Ok...

Outra história interessante é de um advogado americano, Jack Thompson. Conhecido na internet como "O Anti-gamers". Ele luta incessantemente para banir GTA da face da Terra. Ah sim, sem contar seus processos contra Manhunt e o próprio Bully já citado. Há pouco mais de dois anos ele tomou um OWNED do próprio cliente. Durante o julgamento, Jack culpou o game GTA: San Andreas por influenciar o réu à assassinar dois policiais. Caso o júri engulisse essa, o assassino poderia se safar, cumprindo apenas alguns dias num sanatorio. Pois eis que o cliente de Jack (de apenas 16 anos) se levanta e acusa o próprio advogado de calúnia e diz que não está apto para praticar sua defesa, pois ele era sim um fã da série GTA, mas já praticava crimes antes mesmo de conhecer o jogo. "Não creio que matei aqueles dois policiais por causa de um jogo, nem que se nunca houvesse jogado teria poupado a vida deles".
O mais bizarro é que Jack é um advogado público, ou seja: trabalha de graça para seus clientes. A única causa que ganhou até hoje, foi ao processar à Rockstar em nome de uma mãe de adolescente que foi vítima de Bulling. Detalhe: o jogo Bully ainda estava sendo produzido na época, ninguém havia jogado.

Ok, sem mais delongas quero finalizar isso. EU jogo desde meus 6 anos de idade, Atari, Snes, PS1, N64, GBA, PS2, PC e vários outros consoles. Já joguei jogos violentíssimos, tais qual Manhunt, Postal, Carmaggdon... E aqui estou, nunca matei ninguém, muito menos atropelei com um carro envenenado ou explodi viaturas da polícia com rocket-launchers...

Pessoas lutam insandecidamente contra games, sem conhecê-los. Há games muito violentos sim, mas quem já não chorou com uma cena mais emocionante de um game? Ou se pegou parado olhando as belezas de um cenário bem feito? Games já fazem parte da nossa cultura. E como disse um amigo meu "se o cinema é a sétima arte, o video-game é a oitava".



Ao contrário da opinião pública, isso não faz de mim um assassino


clique na imagem para ampliar

Bom... talvez o Wii-mote. Ele é perigoso!






Bom, esse foi meu "desabafo". Amanhã volto com as notícias da semana (que eu queria publicar hoje, mas enfim). RESET!

Update: eu vi a imagem em vários sites, então vou citar o Byte Que Eu Gosto e O Velho como fontes.

3 comentários:

  1. O senhor está equivocado! Eu jogo videogames des de sempre e sempre que posso saio por aí matando zumbís ou saio matando por aí com uma machine gun gigantesca e um sanduíche gritando coisas como MEDIC e CRY SOME MORE!

    ResponderExcluir
  2. Cara.......tu é um filósofo!
    E acima de tudo,coerente!
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  3. Mr.Xcao. VocÇe faz do mundo um lugar mais divertido pra viver!
    Groundwalker, valeus e escreve mais aí tbm! uasuhshush

    ResponderExcluir

Comente, além de ser a nossa força para continuar, saberemos o que você acha do nosso trabalho.