quarta-feira, 17 de junho de 2009

Game Files

Sim!
Chegamos a 2ª edição do "Game Files" senhoras e senhores gamers!
Hoje falando sobre os consoles que nunca foram lançados.
Parece bobagem,mas para um game maníaco,é indispensável saber as histórias e tudo que acontece e já aconteceu no mundo dos games!






Começamos pelo famigerado Gizmondo 2 que apenas 6 meses após o lançamento de seu precursor já era anunciado em sites e revistas e o escambau para aparecer no mercado no ano de 2006.
Deveria ter chegado para competir contra o esperado PSP da Sony porém,não foi lançado por conta da falência de sua desenvolvedora, a Tiger Telematics.
Houveram rumores de que o projeto voltasse à tona em 2008 porém,ficou só na especulação mesmo.






Indrema L600.
Esse era o nome do console que seria lançado em 2001 com código aberto,baseado em Linux,que permitiria a qualquer zé ruela fazer seus próprios jogos.Serviria também como player de DVD, MP3 e gravador de vídeo.
A ideía era fazer algo que revolucionasse o mercado de games e permitisse criar jogos muito baratos e de alta qualidade(Ps.: creio que baixo investimento e qualidade não combinam no mercado de games,não é mesmo?)
Sua idealizadora,a INDREMA, faliu e deixou um rombo de 10 milhões de dólares em seus cofres.






Sega Neptune.
A ideia era fundir o Mega Drive com o 32-X,que antes eram vendidos separadamente.E até que a princípio os consumidores ficaram interessados,porém,no ano de 1995 a Sega já anunciava o surgimento de seus mais novo console,o Sega Saturn que de certa forma empolgou os gamers,deixando o projeto do Neptune de lado,afinal,não fazia sentido,dois consoles de uma mesma empresa competindo entre si.






3DO M2
Prometido para ser o sucessor do péssimo 3DO,em 1997,o M2 dizia ser 64-bits.Era anunciado com 10 processadores que,na prática,provaram-se não tão poderosos nem eficientes assim.
Panasonic era responsável pelo projeto,porém o vendeu para a Matsushita que acabou desistindo do lançamento pois provavelmente percebeu que não teria futuro num mercado ja disputado ferozmente por Sony,Nintendo e Sega.






Phantom
A idéia do console era baixar os jogos,eliminando assim as mídias,porém,o preço seria o mesmo dos jogos vendidos em loja.Basicamente,seria um PC com desenho moderno,pois possuía teclado,além do joystick.
O ano inicial para lançamento era 2002,como mais uma promessa de revolução no mundo dos games.Quando todos ja começavam a desacreditar do lançamento do console,o Phantom apareceu na E3 de 2004 deixando todos crentes que ele seria lançado.Após tudo isso,o projeto foi perdendo força até todas as referências à ele sairem do ar em sites e outras mídias e desde então nada mais foi divulgado.






Super Nintendo CD
A Nintendo no início dos anos 90,prevendo que o futuro dos games seria através de cds,decidiu investir num upgrade em seu console e se uniu a Sony para realizar esse projeto.
Um ano depois de assinar contrato,a Nintendo percebeu que a Sony teria direito sobre todos os jogos criados para o console,então desistiu da parceria e fez novo acordo com a Philips que por fim também foi desfeito.Mesmo assim,a Philips ainda conseguiu lançar alguns péssimos títulos para seu CD-I que não emplacou.
Em meio à tudo,a Nintendo nem se deu conta,que se desfazendo da parceria com a Sony,acabou criando sua mais forte rival no mercado de jogos e consoles,pois esse projeto mal sucedido da Nintendo,foi o embrião do Ps One que foi um grandioso sucesso,como todos sabemos.






Ps.: Se você tiver alguma história sobre games ou de como você se tornou um game maníaco ou ainda como aquele seu conhecido primo de um amigo seu se viciou mande para nós através do mail viop.mt@gmail.com que nós publicamos aqui no blog.
Por hoje é isso,então game over!

3 comentários:

  1. Sim,a foto do Gizmondo 2 na verdade é do Gizmondo.
    A foto do Sega Neptune é do 32-X.
    E a foto do 3DO M2 é do 3DO.
    Busquei em vários lugares ilustração dos projetos mas não achei.Nos sites de busca, á resposta de imagem aos projetos era sempre o projeto anterior.

    ResponderExcluir
  2. o Phantom é até bonitinho, só o joystick é meio escroto

    ResponderExcluir
  3. o 32 X ainda tem aquela versão escrota que vinha separada. Embutia o 32X no Sega 16bits, e depois veio o Sega CD q tbm dava pra acoplar nisso. Se eu achar vou colocar o review do Angry Video Game Nerd sobre isso.

    ResponderExcluir

Comente, além de ser a nossa força para continuar, saberemos o que você acha do nosso trabalho.